Vinhedos

Nas ‘fincas’ trabalha-se cada videira procurando um equilíbrio que permita concentrar ao máximo as características típicas dos aromas, estrutura e complexidade de cada variedade.

Los Árboles, Tunuyán, Valle de Uco
Altitude média: 1.184 metros acima do nível do mar

Esta propriedade tem uma área plantada de 17,3 hectares com Malbec, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon.

Esta região se caracteriza por seus solos de origem aluvial, pobres, pedregosos e de boa drenagem.

Em relação à topografia, o vinhedo tem uma exposição norte, com uma pendente oeste-leste de 2,7%, que favorece a circulação do ar e a sanidade do vinhedo.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 14,4º C.

A irrigação é por gotejamento, o que, graças à alta permeabilidade do solo, permite controlar o vigor do vinhedo durante o desenvolvimento vegetativo e o amadurecimento das uvas.

Umas das particularidades deste vinhedo é que conserva diversos bosques nativos de chanar -árvore típica da região- como reserva natural de flora e fauna.

Perdriel, Luján de Cuyo, Mendoza
Altitude média: 995 metros acima do nível do mar

A propriedade vizinha a nossa vinícola possui 45 hectares plantados com videiras de Malbec, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Petit Verdot e Merlot.

O solo apresenta boa drenagem, com diversas camadas e texturas que variam entre franco-argilosas e franco-arenosas ligeiramente alcalinas. Nas camadas mais profundas há presença de seixos rolados e pedras redondas.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 14,4º C.

O sistema de irrigação é misto, tradicional -por alagamento- e por gotejamento. A poda é realizada com sistema de cordão esporonado.

O vinhedo Marchiori é muito importante na história da vinícola, pois é na parcela C2 onde foi realizada a primeira colheita, dando origem à primeira safra do Cobos Malbec em 1999.

Villa Bastias, Tupungato, Mendoza
Altitude média: 1.150 metros acima do nível do mar

A propriedade possui uma superfície plantada de 7 hectares, destacando-se por suas antigas videiras de Malbec: 4,4 hectares de mais de 80 anos.

Apresenta solo limo-arenoso, com uma pendente oeste-leste acentuada. O clima é mais frio pelas noites, determinando uma grande amplitude térmica.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 14,9º C.

O sistema de irrigação é o tradicional, através de canais, e a poda é realizada com sistema Guyot.

Esta propriedade tem o valor histórico de uma família pioneira na vitivinicultura do Vale de Uco. José Zingaretti, imigrante italiano trouxe de sua terra o “saber fazer”, tanto no que respeita à cultura da videira quanto à elaboração de vinhos de alta qualidade. Foi um dos pioneiros de Tupungato, uma região de difícil acesso no início do século passado.

La Consulta, San Carlos, Mendoza
Altitude média: 1.015 metros acima do nível do mar

Localizado no coração do Vale de Uco, possui 17,7 hectares plantados com videiras de Malbec.

Seus solos apresentam uma textura grossa com boa drenagem, e rochas nas camadas mais profundas. Há uma ligeira pendente que favorece a irrigação.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 14,8º C.

O sistema de irrigação é o tradicional, através de canais, e a poda é realizada com sistema de cordão esporonado.

O nome do vinhedo faz referência à família Toso Rebon, proprietária desta ‘finca’, e que trabalha com a Viña Cobos há vários anos, tanto no cuidado permanente do vinhedo quanto no estudo do solo para a seleção das melhores parcelas.

Las Compuertas, Luján de Cuyo, Mendoza
Altitude média: 1.150 metros acima do nível do mar

Esta propriedade de 3,15 hectares está plantada com videiras de Malbec.

Seus solos são pedregosos e arenosos, com pendentes oeste-leste de 2% e norte-sul de 1,3%, o que possibilita uma rápida drenagem.

O clima apresenta uma grande diferença de temperatura entre o dia e a noite, e esta amplitude térmica permite obter uvas com grande intensidade de cor e concentração aromática.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 14,6º C.

O sistema de irrigação é o tradicional, através de canais, e a poda é realizada com sistema Guyot.

O vinhedo pertence à família Touza, que há três gerações é responsável pelo cuidado e pela colheita. A vocação da família de Emilio Touza sempre foi a viticultura, e atualmente mantém essa dedicação com a produção de uvas de alta qualidade.

Los Chacayes, Tunuyán, Mendoza
Altitude média: 1.100 metros acima do nível do mar

Neste vinhedo selecionamos 4,4 hectares de Chardonnay e de Pinot Noir.

Seus solos são limo-arenosos com abundante presença de seixos rolados e de carbonato de cálcio. A topografia é muito definida, com setores mais altos e mais baixos bem determinados, permitindo identificar o que anteriormente foram córregos de montanha.

Durante a época de amadurecimento, a amplitude térmica é de 16,1º C.

O sistema de irrigação por gotejamento, e a poda é realizada com sistema de cordão esporonado.

Esta propriedade forma parte de um ambicioso projeto, localizado em uma das regiões vitivinícolas de maior reconhecimento em termos de qualidade.